Off the record

Cristiano Ronaldo: Do bairro mais pobre do Funchal ao futebolista mais bem pago do Mundo

cristianoronaldo1

A mãe, Dolores Aveiro, o padrasto, José Andrade, e o empresário, Jorge Mendes, estavam a seu lado, na primeira fila de uma cerimónia que lhe devolveu o estatuto de futebolista mais bem pago do Mundo.

Serão 23 milhões de euros por ano a entrar na sua conta bancária, provenientes do Real Madrid, durante os próximos cinco anos. Cristiano Ronaldo renovou, esta segunda-feira (7), o seu contrato com aquele que é “apenas” o terceiro clube da sua carreira profissional, depois das passagens por Sporting e Manchester United.

O evento teve repercussão um pouco por todo o mundo e foi recheado de emoções fortes. CR7 deixou fugir algumas lágrimas, a sua mãe muitas mais. Os sentimentos falaram mais alto, o que se compreende. Afinal de contas, o menino que deu os primeiros passos no bairro mais pobre do Funchal fez-se homem, ultrapassou as mais diversas provações que a vida lhe colocou, e recuperou o trono dos ordenados mais elevados da indústria do futebol.

“O futebol, por vezes, não tem memória. Mas tu (Florentino Pérez, presidente do clube) tens memória e o Real Madrid tem memória”, atirou certeiro, como é seu timbre, na hora de falar sobre o novo vínculo que o vai fazer permanecer no clube da capital espanhola, pelo menos, até 2021.

Esse foi um sinal, mais um, de que Cristiano Ronaldo se mantém fiel às suas raízes humildes e agradecido a quem lhe deu a mão. É claro que muita coisa mudou na sua vida. Longe vão os tempos em que, para evitar a vergonha de se apresentar no Sporting, no verão de 1997, com as roupas velhas e remendadas que costumava usar na Madeira, viu a sua mãe e irmãs fazerem um esforço financeiro para lhe comprarem um par de sapatos, uma camisa e umas calças.

cristianoronaldo_doloresaveiro

Agradecido e justiceiro, agora é ele quem retribui os sacrifícios feitos pela sua família em prol da sua carreira e são as marcas que o patrocinam que lhe oferecem a indumentária. Na cerimónia de renovação do contrato, CR7 apresentou-se com um blazer preto por cima de uma camisa branca com um travessão a unir os colarinhos, umas calças de estilo desportivo e umas sapatilhas pretas e brancas, sem meias por baixo. Também não faltaram os brincos, que são uma das suas imagens de marca, surpreendendo, porém, com um par de óculos de lentes quadradas.

De acordo com as notícias que correram por Espanha, esses óculos nem sequer têm graduação. Foram usados, isso sim, por imposição de uma das marcas pelas quais dá a cara, no caso a Nike, que é a principal concorrente da Adidas, patrocinadora oficial do Real Madrid. E só mesmo o interesse comercial parece separar (mas pouco) Cristiano Ronaldo do emblema madridista.

“É um dia especial para mim. Como disse muitas vezes, este é o clube que está no meu coração, que é a minha cara e, por isso, é um momento único na minha vida. Não é o ultimo contrato, que fique claro”, atirou entre sorrisos, o craque que terá 36 anos quando terminar o atual vínculo.

cristianoronaldo_florentinoperez

Aliado aos seus traços humilde e solidário, há também uma enorme ambição de bater os recordes que restam no desporto que o notabilizou. Já não são muitos, é certo, mas nesta renovação contratual, Cristiano Ronaldo manifestou, por exemplo, a sua intenção de jogar até aos 41 anos.

Ainda falta muito para percebermos se alcançará essa meta que estipulou mas é garantido que o mundo do futebol lhe vai agradecer e fazer uma vénia se o conseguir, sobretudo os que são afetos ao Real Madrid e à Seleção Nacional. Por falar nisto, nesta cerimónia que encantou os merengues, também houve abordagens à “Equipa das Quinas”, com Cristiano Ronaldo a assegurar que nunca irá renunciar a representar Portugal.

No entanto, tudo isso são perspetivas futuras e o que interessa é o presente, que tem sido de ouro para aquele que muitos consideram ser o melhor futebolista de todos os tempos.

“Este ano ganhei a Liga dos Campeões, o Campeonato Europeu e agora um novo contrato… Estou a viver um sonho”, salientou. Mas o ano de 2016 ainda não acabou e promete trazer-lhe mais sucessos, nomeadamente a conquista da quarta Bola de Ouro da sua carreira: “Estou tranquilo, porque não depende de mim. Estou muito feliz, mas é algo com que não estou obcecado. É claro que é algo importante, tal como foi ganhar a Champions e o Euro.”

Do Bairro da Quinta do Falcão, na freguesia de Santo António, na ilha da Madeira, CR7 passou para o topo do mundo. Pai extremoso, inserido numa família unida e comprometida com a sua causa, rodeado de muitos e bons amigos e com uma legião de fãs a segui-lo, Cristiano Ronaldo conquistou assim a maior das riquezas possíveis. À primeira vista, tinha tudo e mais alguma coisa para usufruir dessa vida de luxos com a tranquilidade que eles lhe conferem, mas o seu instinto conquistador não o permite. Por isso, vai continuar a atacar… as redes adversárias, porque o cimo do mundo já lhe sabe a pouco. O céu é o limite…