Atualidade

Figuras públicas vão dormir no aeroporto

Durante 24 dias, em turnos e 24 horas, várias figuras públicas vão passar uma noite em claro no aeroporto de Lisboa. O desafio foi lançado pelo Projeto Amélia e tem como objetivo alertar para a angústia dos cuidadores e das crianças cuja cura para doenças graves, como o cancro, está, muitas vezes, dependente da possibilidade de conseguirem transporte para os hospitais.

A iniciativa começa já na próxima quarta-feira, dia 30, às 20h00 e o ator José Fidalgo será o primeiro a dar “o corpo ao manifesto”. Sofia Nicholson ou Sofia Arruda foram outras caras conhecidas que aceitaram aderir à campanha.

A missão que o Projeto Amélia quer concretizar é realizada em colaboração com a World Child Cancer, uma ONG de referência mundial, e surge depois desta organização ter identificado o Myanmar como um dos países do Mundo onde um maior número de crianças não consegue fazer tratamentos porque não tem condições de se deslocar até um hospital.

Durante um mês, no Myanmar, o Projeto Amélia vai garantir os voos e os transportes terrestres necessários a estas crianças, entre as suas casas e os hospitais que as podem tratar.

No final, a ação, que termina a 23 de abril, espera angariar os 45 mil euros necessários à missão no Myanmar.

Além das caras conhecidas, a iniciativa vai contar também com o apoio de empresas e voluntários e quem quiser também se pode juntar a esta ação. Aos mais audazes, a ONG lança um desafio maior: que organizem um grupo próprio e se proponham ocupar um dos turnos, bastando para isso que entrem em contacto com a organização através do endereço [email protected]