O projeto “VELHAS BONITONAS” surgiu em 2016 e dedica-se a retratar a liberdade de espírito e a força da velhice feminina. O interesse da artista pelo tema começou não apenas nas estórias que estas mulheres têm para contar, mas no culminar da sua idade e respetiva espontaneidade, genuidade e liberdade de expressão.

“VELHAS BONITONAS” tem vindo a ser apresentado em diversos espaços, nomeadamente Conferência Chicas Poderosas (Casa das Histórias – Paula Rego), Open Mag (Revista Saber Viver, Lx Factory), Concept Fashion Design (Convento de Jesus, Setúbal), WoMen In Business – Conferência Lisboa, Que Cidade Queremos? (Fórum Lisboa), Jardim das Artes (Jardim das Amoreiras), Villa d ́Os Músicos (Palácio Anjos, Algés) e no Festival Lisboa Idade (organizado pela Câmara Municipal de Lisboa),

Maria Seruya realizou também duas edições do Workshop de Preparação do Envelhecimento “Velhas Bonitonas, como ser uma delas?”, criado e realizado em parceria com Luisa Pinheiro, especialista em Envelhecimento e fundadora da Associação Cabelos Brancos.

Em exibição de 20 de Maio a 5 de Junho, inaugura no dia 20 de Maio na Antiga Carpintaria do Museu da Carris, Lisboa, entre as 17h30 e as 22h00.