The Divine Comedy vão passar por Portugal com dois concertos em nome próprio inseridos na digressão de apresentação do 11.º álbum de estúdio, “Foreverland”, que tem data de lançamento agendada para o próximo dia 2 de setembro.

A banda irlandesa, liderada por Neil Hannon, atua dia 4 no Teatro Tivoli BBVA, em Lisboa.

Desde a formação da banda, The Divine Comedy, em 1989, Neil Hannon conseguiu comprovar ser um dos mais originais compositores do Reino Unido. O novo longa-duração “Foreverland” vem confirmar esta característica do compositor, com referências que vão desde a Catarina, a Grande à Legião Estrangeira Francesa. O artista explica que este novo álbum “é sobre conhecer a tua alma gémea e viver feliz para sempre…e então o que vem depois do felizes para sempre. Preparem-se para o hit mais historicamente impreciso do verão”.

Desde o último registo de originais editado em 2010, “Bang Goes The Knighthood”, Neil Hannon dedicou-se a alguns dos seus projetos paralelos. O músico envolveu-se na elaboração do segundo disco da banda “The Duckworth Lewis Method”, dupla que tem com Thomas Walsh dos Pugwash, bem como na composição de um coral para o recém-renovado Royal Festival Hall, intitulado “To Our Fathers In Distress”. Hannon supervisionou ainda a transferência do seu musical “Swallows And Amazon” para o West End stage.