image006

Hamlet talvez, com encenação de João Garcia Miguel, estará em cena na sala experimental do Teatro Municipal Joaquim Benite, em Almada, nos dias 30 e 31 de Outubro, às 21h30. O espectáculo é uma co-produção da Companhia João Garcia Miguel, da Câmara Municipal de Torres Vedras e do Teatro-Cine de Torres Vedras. Nesta versão explora-se uma interpretação alternativa do carácter e dos impulsos que motivam o infeliz príncipe da Dinamarca. O TMJB tem também em cena o Hamlet, com encenação de Luis Miguel Cintra, que apresenta o texto de Shakespeare quase na totalidade.
Depois de Burgher King Lear (2006), Romeu & Julieta (2011) e Open Hamlet (2013), João Garcia Miguel continua o seu diálogo com William Shakespeare. Nesta adaptação do clássico busca-se simultaneamente um entendimento e ajuda para os enigmas do viver, e auxílio para modificar e explicar o que vemos acontecer em cada um de nós. Parte-se da subjectividade filosófica dos actores em cena, e através da personagem de Hamlet e da sua intemporalidade, exploram-se as sombras, os fantasmas, as incertezas existenciais e a nossa própria desumanidade.