Raquel Tavares

Uma das mais importantes vozes do fado contemporâneo, Raquel Tavares tem o dom inato de ser fadista e pouco mais se deveria dizer depois disto. Raquel vive onde o fado mora, no coração de Alfama que bate como se fosse seu e isso sente-se nos seus concertos.

Aos 17 anos a convite do “Rei do Fado” Fernando Maurício, Raquel começa a cantar profissionalmente em casas de fado um pouco por toda a Lisboa, convivendo de perto com históricos intérpretes da canção nacional. Em 2006 edita o seu disco de estreia “Raquel Tavares”, que lhe vale de imediato os prémios Amália Rodrigues e Casa da Imprensa.

Desde então Raquel tem desenvolvido um percurso que já a levou a alguns dos palcos mais importantes do globo em países como Espanha, França, Itália, Grécia, Marrocos, Alemanha, Bélgica, Holanda, Escócia, Inglaterra, Irlanda, Uruguai, Argentina, Brasil, Canadá, China e mais recentemente, Austrália. Raquel Tavares tem recebido os maiores elogios da crítica internacional mas é no fado que está enraizada a sua identidade e a imprensa e público português são os primeiros a reconhecer-lhe esse prestígio e a recebê-la com um carinho e gratidão únicos.