A exposição “Do Banal ao Sublime” da artista plástica Ana Lima-Neto, que inaugurou no passado dia 10 de novembro, na Galeria António Prates, em Lisboa, tem merecido o aplauso da critica e surpreende pelo arrojo das obras de arte. Com base em objetos comuns e pouco valorizados, como esfregões de cozinha e cola de obra, a artista construiu uma coleção de peças inovadoras que marcam claramente um posicionamento experimentalista de vanguarda.

A exposição estará patente até ao dia 7 de dezembro, podendo ser visitada de segunda a sexta-feira das 11h às 20h, na Galeria António Prates, Av. António Augusto de Aguiar, nº 58D, em Lisboa. A artista fará o acompanhamento das visitas à exposição sempre que for necessário.