185x240px_

O circo chegou à cidade, convidando-nos a entrar com as luzes apagadas. O que haverá para lá dessa ausência de luz? Momentos de reflexão, que antecedem o abrir das cortinas e que desafiam o que nos parece óbvio ao primeiro olhar. Corpos que se cruzam e completam, em estilos tão diferentes quanto a música que os embala. Ritmos, tantos, num circo feito de dança. Chamam-lhe… Darkirkos!