Contos do Arco da Velha, pela Limite Zero Associação Cultural, em co-produção com Alma d’Arame, é o primeiro espetáculo da programação para a infância de 2017, no Teatro Municipal Joaquim Benite, em Almada: Sábado, dia 28, e Domingo, dia 29 de Janeiro, às 16h00 e às 11h00, respetivamente.

A D. Chica tinha um gato chamado Ervilha. Um dia, o bichano foi-se embora – tudo por causa de um certo esturjão que resolveu conceder três desejos à sua dona, no caso de ela o devolver à água. Agora, os dois comunicam por carta e a D. Chica adora contar às visitas, à beira do seu fogão a lenha, as aventuras do Ervilha. Comete a inconfidência de dizer que o seu antigo gato, ao contrário de todos os outros felinos, não é adepto de acrobacias no ar… Depois recorda a quezília entre os Senhores Corvos e a Senhora Cobra, que o Ervilha deixou escrita noutra carta. Se não fosse a intervenção do sábio Senhor Mocho, o réptil haveria de continuar a comer os ovos do casal de pássaros…

A Limite Zero Associação Cultural dedica-se à criação de espetáculos de teatro, à produção vídeo e à formação. Simultaneamente organiza diversos ateliers de expressão dramática, escrita criativa, construção de formas animadas e utilização multimédia.

Contos do Arco da Velha é o segundo espetáculo que a companhia leva à cena no TMJB, depois do sucesso de As viagens de Gulliver, apresentado em 2016.