rao kyao

Rão Kyao estreou-se aos 19 anos de idade como intérprete de saxofone tenor, tendo o Jazz como inspiração. Na década de 70 partiu para a Índia para redescobrir o elo perdido entre a música portuguesa e a música do oriente. A sua carreira foi marcada pela originalidade dos sons. O último álbum “Coisas que a Gente Sente” foi vencedor, em ex-aequo com Carminho, do Prémio Carlos Paredes 2013 e do Prémio Pedro Osório da Sociedade Portuguesa de Autores. Rão Kyao é considerado um dos melhores executantes do mundo de flauta de bambu e tem um lugar cativo na história da música portuguesa.

Jantar concerto: €32,5 p.p. (sem bebidas)