b_1132x472_Buika_2

“Autora de 9 das 10 canções que compõem o novo álbum, este, mistura estilos tão distintos como Reggae, Flamenco, R&B, Afrobeat e Gospel e conta com participações como Meshell Ndegeocello, Jason Mraz e o produtor Martin Terefe (Mary J. Blige, Mutya Buena, Coldplay), bem como a lenda do flamenco Potito”

Destemida na sua música e sem medo na sua vida, isto é Buika, uma voz forte e sensual que alcança momentos de elevação emocionante. Falar de Buika é falar de uma cantora, compositora, produtora musical, escritora e poeta que não só sobreviveu mas também prosperou, destacando-se dos demais e deixando a sua marca em cada palco e em cada gravação.
Críticos, meios de comunicação e fãs perceberam, ao longo do tempo, que Buika desafia expetativas e confunde convenções. É uma artista que segue a tradição dos especiais, aqueles que transcenderam através da sua voz e carisma como Nina Simone, Chavela Vargas ou Cesária Evora.

Uma vez que só convém a alguém que passou a última década da sua vida a atravessar o globo, “Vivir Sin Miedo”, o seu novo álbum, é a fusão de todas as experiências, sentimentos, lições, paixões, e ritmos que Buika incorporou no seu ADN criativo.
Ao longo dos anos, Buika trabalhou com alguns dos maiores DJs, cantores e músicos do mundo, incluindo Anoushka Shankar, Seal, Nelly Furtado, Pat Metheny, Chick Corea e Nitin Sawhney, entre muitos outros. Uma das suas mais notáveis colaborações surgiu no Cinema, através da participação na criação da banda sonora de um filme de Pedro Almodóvar, que em 2011, a desafiou a participar em “La Piel Que Habito”.

Considerada pela National Public Radio (NPR Music) como uma das 50 melhores vocalistas de todos os tempos e chamada de “A voz da liberdade” pela mesma estação de rádio, Buika brilha a cada palavra que canta, com alma e sentimento único.
“A esperança é para as pessoas que esperam, eu tenho fé. Eu não tenho medo, não tenho medo de mim mesma, das minhas coisas, do meu medo, de absolutamente nada do que é música “, diz o artista residente em Miami.
Através de sua voz, Buika conseguiu isto. E através de seu modo de viver, ela torna as seguintes palavras de Nina Simone, uma realidade: “Digo-vos o que é liberdade para mim … Sem medo”.