14708204_1454389037924610_2371436952663669616_n

Entre 5 e 20 de novembro, a Mostra de Teatro de Almada (MTA) celebra 20 anos com um programa repleto de espetáculos para todas as idades e a publicação de um livro retrospetivo, para além dos habituais espaços de debate e de encontro entre o público e participantes. Este é um evento ímpar que promove a produção teatral em Almada, organizado desde 1996 pelas companhias e grupos de teatro locais em conjunto com a Câmara Municipal.

Mais de duas dezenas de grupos de teatro de Almada apresentam espetáculos, na sua maioria em estreia, em que se destacam originais e inéditos da dramaturgia de autores de Almada, mas, também, textos inspirados na obra de Gil Vivente, Henrique Santana, José Régio, Eduardo Schwalbach Lucci, Václav Havel, Lewis Carrol, L. Frank Baum ou William Shakespeare. Encenações de Ana Nave, Luzia Paramés, Cláudia Negrão, Laurinda Chiungue, Susana Vidal, Alexandre Pieroni Calado ou Marina Nabais, são apenas alguns exemplos da diversidade de propostas artísticas desta edição especial da MTA.

Para assinalar os 20 anos, a programação da Mostra contempla, ainda, ao longo de três semanas, um conjunto de atividades paralelas: a inauguração de uma Exposição coletiva dos participantes de 2016; uma Homenagem a Vitor Azevedo, ator e encenador ligado ao grupo de teatro mais antigo de Almada, o GITT, envolvido na organização e participante da MTA desde a 1ª edição; concertos ao Sábado, após os espetáculos; debates sob o tema “Artes Performativas: ontem, hoje a amanhã” onde marcam presença Rodrigo Francisco, João Garcia Miguel, John Romão, Miguel Moreira e Carlos Pessoa, entre outros criadores convidados.

A 20ª edição da MTA realiza-se em dez palcos no concelho, passando por equipamentos municipais como o Teatro-Estúdio António Assunção, o Auditório Fernando Lopes-Graça, o Teatro Municipal Joaquim Benite e a Casa da Cerca, em instalações de Juntas de Freguesia – Biblioteca da Trafaria e sede do Alpha Teatro no Feijó – e nos espaços de associações e coletividades, como a Incrível Almadense, o Cineteatro da Academia Almadense, Recreios Desportivos da Trafaria e Auditório Costa da Caparica.

O acesso ao evento mantém-se bastante acessível com bilhetes de cinco euros para os espetáculos e desconto para jovens, seniores e grupos. Todas as atividades paralelas são de entrada livre.

A Mostra de Teatro de Almada comemora 20 anos com a participação de Alpha Teatro, Actos Urbanos/Teatro de Areia e Teatro & Teatro de O Mundo do Espectáculo, Artes e Engenhos, Cénico da Incrível Almadense, Crème de la Crème, Companhia de Teatro Musical da Plateias D’Arte, GITT – Grupo de Iniciação Teatral da Trafaria, Grupo de Teatro da Academia Almadense, Grupo de Teatro da Associação Cultural Manuel da Fonseca, Grupo de Teatro da USALMA, A Largarto Amarelo – Associação Cultural, Marina Nabais Dança Associação Cultural, Ninho de Víboras, NNT – Novo Núcleo de Teatro, Associação Cultural – O Outro Lado, O Grito, OTA – Oficina de Teatro de Almada, Produções Acidentais, Teatro ABC.PI, Teatro Extremo e Teatro na Gandaia.

Consulte o programa da 20ª Mostra de Teatro de Almada em www.mostradeteatrodealmada.blogspot.com; www.facebook.com/MostraTeatroAlmada