Atualidade

Filho de Ricardo Landum batizado sem Tony Carreira

Foi no Bairro da Serafina, em Lisboa, que Ricardo Landum e a companheira Sónia Geraldes batizaram esta manhã, pelas 11h00, o filho de quase dois anos, Santiago.

A cerimónia decorreu na Igreja São Vicente de Paulo e a grande ausência notada foi a de Tony Carreira, que será padrinho de casamento do compositor, que esta tarde de domingo dá o nó com Sónia, na Quinta da Libânia, junto ao Palácio de Queluz.

Autor de alguns dos maiores êxitos da música ligeira portuguesa – cantados por Ágata, Tony Carreira, Romana e Leandro, entre outros – Landum chegou ao Bairro da Serafina num Audi preto, sorriu aos jornalistas, agradeceu e seguiu para o interior da igreja, onde alguns familiares e amigos já o esperavam.

Aparentemente calmo e visivelmente mais magro no que é um dos dias mais felizes da sua vida, Ricardo, de 59 anos, vestiu um fato branco, com pormenores a preto e um laço da mesma cor a condizer com o chapéu, em contraste com o elegante e ousado vestido encarnado envergado pela cara-metade. Santiago vestiu um smoking branco com aba de grilo, laço e sapatos a condizer.

Entre vários os convidados e amigos, estiveram presentes no evento que antecedia o casamento, Iran Costa, Ágata – que ao lado de Tony Carreira se assume como madrinha de casamento de Landum – Emanuel, Toy e a mulher Daniela Correia, Sérgio Rossi e a namorada Ana Vieitas. “Não podia faltar a este dia. Sei que é muito importante para ele. Conheço-o há muitos anos e fiz questão de estar no casamento do meu amigo”, disse Emanuel à Move Notícias.

Ao longo de uma hora, o padre da paróquia dirigiu-se aos pais que acompanharam o sacramento do batismo de Santiago. “Estas crianças precisam de ser temperadas em casa, através de conselhos e manifestações de amor e carinho. E precisam disto tanto ou mais do que o pão para a boca”, apelou o padre.

Minutos depois Santiago recebeu uma luz, acesa no círio pascal e [a vela de batismo que deve guardar até ao fim da vida], um símbolo de ligação a Deus e de uma vida sem maldades e pecado. Ao colo da mãe, Santiago estava irrequieto.

Santiago ao colo de Fátima Lopes, uma amiga da família

Santiago só sossegou quando finalmente o padre o abençoou, deitando três porções de água benta. Depois, pais e padrinhos – Bernardo Lopes, amigo da família, e Ana Rute, irmã da cantora – seguraram juntos na vela e celebraram o batismo da criança. Na receção do diploma que marca a cerimónia, Santiago já dormia profundamente. E nem o facto de andar de colo em colo o despertou.

O casal seguiu depois em carros separados como manda a tradição, para o sítio onde sobem esta tarde ao altar, numa cerimónia civil, que conta com mais de 100 convidados, muita festa e segurança apertada.

Recorde-se que Ricardo Landum sofre de esclerose múltipla, doença degenerativa que não o impede de continuar a trabalhar. Veja as Fotos:

Fotos: César Lomba