Off the record

Ricardo Pereira: o português que conquistou o Brasil com talento e cavalheirismo

_as_5080

Ator há mais de uma década, Ricardo Pereira aprendeu, desde cedo a lidar com o sucesso, uma vez que a sua carreira teve uma evolução quase apoteótica.

Estreado em 2000, no Teatro Nacional Dona Maria II, pela mão do mestre Carlos Avilez, descobriu, à posteriori, o cinema e a televisão. Desde então, nunca mais parou.

O seu talento foi de tal maneira reconhecido que, corria o ano de 2004, foi convidado para protagonizar a novela ‘Como Uma Onda’, da Rede Globo, em solo brasileiro.

Desde então divide a sua vida entre Portugal e o Brasil.

Hoje, com 37 anos, Ricardo Pereira, também reconhecido pelo seu cavalheirismo e afabilidade é um homem realizado e com muitas histórias por contar.

A rodar uma produção luso-brasileira do realizador Leonel Vieira, ‘Mulheres’, e a preparar-se para uma temporada no teatro ao lado de Irene Ravache na peça ‘Meu Deus’ – com estreia no Teatro Tivoli a 22 de setembro – Ricardo está ainda a “colher os louros” de “um dos melhores projetos” que abraçou no Brasil: ‘Liberdade, Liberdade’, agora exibido pela SIC.

Ricardo Pereira

Num desempenho “fiel, mas muito cruel” daquilo que se vivia na época retratada, o ator português deu vida a ‘Tolentino’ um homem rude que vive um romance com ‘André’, personagem de Caio Blat, ao lado de quem protagonizou aquela que foi a primeira cena de sexo entre dois homens transmitida pela rede Globo.

“Esta relação é o encontro do Tolentino para a vida e para a verdade”, sublinha o galã que foi largamente aplaudido pela sua prestação.

Na esperança que o público português receba tão bem este projeto como aconteceu no Brasil, Ricardo garante que este foi um dos trabalhos que mais o “emocionou” ao longo dos vários anos de carreira. “É uma história apaixonante, não só por essa cena que acabou por ganhar maior destaque, mas porque é uma série/novela que fala de preconceito, de raça, de escravidão, de forma muito fiel”, justifica.

Ricardo Pereira e Francisca

Também na vida pessoal Ricardo Pereira é um homem realizado. Casado com Francisca Pinto Ribeiro desde 2010, a história de amor do casal poderia dar um guião de novela uma vez que a marchand deixou tudo para “correr” atrás do seu ‘mais-que-tudo’.

Pai de Vicente, de cinco anos, e de Francisca, de dois,  a cara da SIC não esconde o enorme orgulho que sente por tudo o que conquistou ao lado da sua mulher.

Embevecido com os filhos, afiança que “são parecidos com os pais” e, por isso, é muito fácil adaptarem-se às mudanças que lhes são impostas pela sua profissão. “São felizes”, destaca.

Ricardo Pereira tem aproveitado para matar saudades dos filhos

Em Portugal “pelo menos até dezembro”, o também apresentador anseia por “sopas e descanso” para que possa dedicar todo o seu tempo à família. “Este último ano e meio foi muito intenso, segue-se um período mais calmo para poder levar os meus filhos à escola e desfrutar deles e claro da companhia da Francisca”, conclui.

Ainda que reservado no que toca à sua vida pessoal, Ricardo Pereira não se inibe de partilhar fotografias dos quatro nas redes sociais e não esconde o desejo de aumentar a sua prole.

ricardo-pereira