Off the record

Joana Câncio: “A maternidade mudou muito a minha vida”

IMG_8649

Sensual e malvada é como podemos ver atualmente Joana Câncio no papel de Tânia em “A Única Mulher” na TVI, um desafio que mostra uma faceta distinta do que tinha antes feito.

Depois da divertida e espalhafatosa Tina Castelo, na trama “O Beijo do Escorpião”, a atriz dá vida a uma vilã misteriosa que “tem sido um desafio muito grande”. Isto porque “é um papel completamente antagónico dos anteriores e que vive muito pouco de falas e mais da energia que transmite”, reconhece.

Entusiasmada por fazer parte de um “elenco maravilhoso”, Joana revela que embora se sinta “mais à vontade em comédia”, este é um registo do qual gosta muito: “Fiz a escola de teatro e embora trabalhemos um pouco de tudo, acabamos por dar muita importância à tragédia, e eu gosto de descobrir essa densidade pois leva-me a trabalhar mais, a ir buscar muita coisa cá dentro”.

IMG_8651

Realizada no papel de mãe
Aos 30 anos e a viver uma boa fase profissional, confessa que o melhor papel da sua vida é “ser mãe”, um projeto concretizado com o nascimento de Constança há três anos. A menina deu-lhe “maior serenidade” e tornou-a uma “mulher mais focada”. “A maternidade mudou muito a minha vida, principalmente o meu espaço interno. Hoje sinto que, embora queira alcançar muita coisa enquanto atriz, a minha prioridade mudou, não por ser suposto mas porque aconteceu”, justifica.

Empenhada na melhor prestação, Joana organiza a agenda em prol do bem-estar da filha, para que possa acompanhar da melhor forma o seu crescimento: “Gostava de voltar a fazer teatro mas, enquanto em novela eu consigo conciliar com os horários dela, quando estamos em cena é muito à noite que trabalhamos e eu não abdico daqueles momentos em que brincamos, em que lhe dou o jantar, etc…”.

“Completa” na responsabilidade materna, a atriz garante que não a preocupa se a dedicação “significar evoluir mais lentamente na carreira”. Constança é fruto do seu segundo casamento, entretanto também terminado.

Mulher de paixões subiu ao altar pela primeira vez aos 19 anos. Para acompanhar o então marido, que era guia turístico, deixou a representação, mas a relação não vingou. Divorciada foi a um casting para “Morangos com Açúcar” e ficou, tendo conhecido nessa altura o segundo marido e pai da sua filha.

Aos 26 anos, passou pela segunda separação, mas dessa vez com uma bebé de quatro meses nos braços. Aproximou-se dos pais, também eles separados desde que era criança, e redescobriu o valor da família.

IMG_8666

Natal solidário
Chegada a quadra natalícia, Joana Câncio revela gostar de “manter a linha base da tradição”. Assim, na mesa da consoada haverá o esperado “bacalhau” e o saboroso “cabrito”, bem como “muitos doces”, não esquecendo as “fatias douradas”, as preferidas da atriz.

Já no que toca aos presentes, confessa que este ano a família irá pôr mãos à obra e dedicar-se “aos guaches”. “Acordámos que faríamos todas as prendas em casa e o dinheiro que iríamos gastar vamos doar a instituições”, afiança orgulhosa da decisão.

Apesar de pequenina, também Constança já começa a ter incutido o espírito solidário. “É importante que ela saiba dar e receber”, salienta a mãe que “sempre que tem alguma coisa que já não sirva ou não use” procura enviar para outras crianças.

IMG_8667

Fotos: Alexandra Martins do Vale